Covid-19 – 10 dicas para gerir o stress e ansiedade

Como lidar com o stress e a ansiedade em tempos do vírus Covid-19

Duas semanas após confirmação do 1.º caso positivo de Covid-19, Portugal mantém o estado de alerta decretado até 9 de abril, com possibilidade de prorrogação.

Ao dia de hoje registam-se 448 casos positivos com coronavírus no país, enquanto que os números ascendem a mais de 181 mil em todo o mundo.

Com o avançar da propagação do vírus, aumenta o número de pessoas em isolamento profilático, potenciando o aparecimento de quadros de ansiedade, stress, medo e/ou preocupação.

Com uma quantidade imensurável de (des)informação a circular nos canais digitais, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elaborou uma lista de conselhos para lidar com a situação e diminuir a intensidade destas emoções durante o surto viral de Covid-19.

1. Evite ler ou ver notícias que causem stress
Evite ler, ouvir e assistir a notícias sobre o coronavírus a toda a hora. Procure informações apenas para se proteger ou para se actualizar de tempos em tempos. Limite a sua exposição a factos provenientes de fontes oficiais (DGS, OMS, SNS24) e jornais com credibilidade, de modo a evitar falsas notícias e alarmismos erróneos.

2. Compartilhe factos positivos
Não alimente o medo dos outros, pelo contrário procure amplificar vozes, imagens e histórias positivas. Compartilhe a experiência de pessoas que se recuperaram do novo coronavírus ou de quem ajudou uma pessoa próxima a se recuperar.

3. Recorra ao seu arsenal de ferramentas internas
Recorra a capacidades e competências que já o/a ajudaram no passado a lidar com situações adversas. Use-as para lidar com as suas emoções nos momentos mais desafiantes deste surto.

4. Converse e mantenha contacto com amigos e familiares
Active a sua rede de apoio seja através de telefone, email, SMS, redes sociais ou de videochamadas. Procure conversar diariamente com aqueles que lhe são mais próximos. Estar conectado com quem mais gosta é uma das melhores formas de reduzir a solidão ou aborrecimento durante este período.

5. Não adopte comportamentos aditivos
Não recorra ao tabaco, álcool ou drogas para lidar com as suas emoções. Se se sentir assoberbado, ligue para uma linha de apoio, para o seu médico, para um amigo ou familiar.

6. Realize actividades de lazer e relaxamento
Leia aquele livro que está na estante há anos, veja filmes recomendados, séries ou os seus programas favoritos que estão gravados há semanas na sua box, aprenda finalmente a fazer yoga ou a meditar, envolva-se em actividades e tarefas que promovam lazer pessoal.

7. Mantenha as suas rotinas e actividades habituais, tanto quanto possível
Levante-se à hora habitual, vista-se e faça as refeições de forma equilibrada. Se for praticável, trabalhe a partir de casa, mantendo-se focado e produtivo. Fazer uma lista de tarefas diárias ou até mesmo um horário pessoal/familiar poderá ajudar.

8. Faça exercício físico
Manter o seu corpo activo e saudável é extremamente importante. Sejam exercícios simples, rotinas de treino à distância ou simplesmente uma dança ao som da sua música preferida são preciosas ajudas na redução de períodos de maior ansiedade.

9. Mantenha uma alimentação equilibrada
Quanto mais saudável é a nossa alimentação, mais fortes somos, para qualquer vírus.

10. Mantenha pensamentos positivos e de esperança
Embora a sensação de ansiedade seja uma reacção normal a uma ameaça, níveis altos e constantes de ansiedade podem comprometer respostas construtivas a uma crise. Não subestime a sua resiliência, mantenha-se positivo e confiante.

Contactos úteis:
SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
SNS24 dos Açores: 808 24 60 24
Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: atendimento@sns24.gov.pt‬